55 anos do Golpe: dois filmes para entender o legado de Jango – Portal Vermelho

Na madrugada de 31 de março para 1º de abril de 1964, um golpe de Estado liderado pelas Forças Armadas derrubou o presidente João Goulart, o Jango, e instalou uma criminosa ditadura militar no Brasil. Jango partiu para o exílio, vindo a morrer na Argentina em dezembro de 1976. Sua história e seu legado foram temas dos documentários Jango (1984), de Sílvio Tendler, e Dossiê Jango (2013), de Paulo Henrique Fontenelle.

Fonte: 55 anos do Golpe: dois filmes para entender o legado de Jango – Portal Vermelho

Wikileaks: como o DoJ preparou a Lava Jato e cooptou a Justiça brasileira, por Luis Nassif

Já havia elementos suficientes mostrando a preparação da Lava Jato pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos. O encontro da AJUFE despertou pesquisadores, que localizaram um telegrama, no Wikileaks, que descreve com previsão como começou a Lava Jato.

https://jornalggn.com.br/justica/como-o-doj-preparou-a-lava-jato-e-cooptou-a-justica-brasileira-por-luis-nassif/

Partidos condenam louvação ao golpe e reafirmam defesa da democracia

Blog do Renato

Em nota, PCdoB, PDT, PT, PSB, PSOL e PCB condenam a louvação de Jair Bolsonaro ao golpe e à ditadura militar de 1964. Os partidos não aceitam a tentativa de negar a supressão das liberdades e direitos, bem como a perseguição política contra opositores, com inúmeros casos de prisão, tortura, desaparecimento e morte. A nota expressa apoio aos atos em defesa da democracia e do estado de direito, assim como reafirma o compromisso de continuar lutando contra os retrocessos promovidos pelo governo.

 

 

Leia baixo a íntegra da nota:

 Um dia, 21 anos de ditadura


No dia 1º. de abril de 1964, tropas amotinadas do Exército Brasileiro depõem o presidente constitucional e democraticamente eleito do Brasil, João Goulart. O cargo presidencial foi declarado vago pelo Congresso Nacional ainda em presença do legítimo presidente em território Nacional.

Iniciava-se um regime autoritário que suprimiu liberdades e direitos civis e políticos, massacrou a…

Ver o post original 409 mais palavras

A repressão aos estudantes da UFRJ durante a Ditadura Militar

OLHAR DO CAMPUS

invasao

A repressão aos estudantes da UFRJ durante a Ditadura Militar

fonte: https://www.encontro2018.rj.anpuh.org/resources/anais/8/1529704709_ARQUIVO_TextoANPUH-RIO-AndreaQueiroz.pdf

Resultado de imagem para repressão and estudante and 1968

“A partir de 1965, no contexto da ditaduracivil-militar (1964-1985), a UB passou a designar-se Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), passando por uma transformação modernizante em tempos de regime autoritário. A UFRJ “incorporou, assim, desde sua fundação, aqueles que são até hoje seus traços constitutivos: retardatária, fragmentada, patrimonialista e elitista –traços esses que se reproduziram o longo do tempo”

Listagem referente aos alunos da FAU que tiveram suas matrículas

canceladas, conforme Portaria n° 23, de 8 de setembro de 1966:

1) Emédio José Cintra Montenegro – 1º ano;

2) Gilson Sérgio Cruz – 1º ano;

3) Mauro Malin – 1º ano;

4) Luiz Cristóvão de Oliveira Martins – 2º ano;

5) Regina Lucia da Silva Bezerra – 2º ano;

6) Sylvia Goyanna de Carvalho – 2º ano;

7) César Augusto Guaracy Costa – 3º ano;

8) Gregório…

Ver o post original 3.332 mais palavras

Da ditadura militar brasileira

AUGUSTO BUONICOREPUBLICADO EM 30.03.2019

Neste ensaio, o autor defende a correção teórica e política da utilização dos conceitos golpe e ditadura militar para definirem o movimento armado que derrubou o governo Jango em 31 de março de 1964 e o regime discricionário que se seguiu, durando 21 anos. Em defesa de sua tese, utiliza-se das posições oficiais das principais organizações de esquerda daquele período – como o PCB, PCdoB, PCBR, ALN, AP-ML – e da própria teoria política marxista. O texto também nos apresenta um breve histórico do processo de militarização do Estado brasileiro pós-1964 e da gradual eliminação política dos apoiadores civis do golpe. O tema ganha maior relevância quando o presidente de extrema-direita, Jair Bolsonaro, afirma não termos tido um golpe militar e sim um movimento cívico-militar”

http://www.grabois.org.br/portal/artigos/154829/2019-03-30/da-ditadura-militar-brasileira

Ditadura de1964 – a inteligência vence o medo e o arbítrio – Portal Vermelho

A ditadura tentou destruir a inteligência brasileira – investiu contra artistas e pensadores para calar suas vozes e destruir os meios de comunicá-las. Mas a inteligência foi mais forte, e criou o Brasil moderno Por José Carlos Ruy*

Fonte: Ditadura de1964 – a inteligência vence o medo e o arbítrio – Portal Vermelho

Partidos condenam louvação ao golpe e reafirmam defesa da democracia – Portal Vermelho

Em nota, PCdoB, PDT, PT, PSB, PSOL e PCB condenam a louvação de Jair Bolsonaro ao golpe e à ditadura militar de 1964. Os partidos não aceitam a tentativa de negar a supressão das liberdades e direitos, bem como a perseguição política contra opositores, com inúmeros casos de prisão, tortura, desaparecimento e morte. A nota expressa apoio aos atos em defesa da democracia e do estado de direito, assim como reafirma o compromisso de continuar lutando contra os retrocessos promovidos pelo governo.

Fonte: Partidos condenam louvação ao golpe e reafirmam defesa da democracia – Portal Vermelho

A ideia Lava Jato (ou a crônica da destruição de um país) – Portal Vermelho

Olhar a Lava Jato hoje com todos seus desdobramentos dá impressão de que é mais uma operação de desconstrução do Estado Brasileiro do que propriamente de combate ao crime. Por Gustavo Noronha*

Fonte: A ideia Lava Jato (ou a crônica da destruição de um país) – Portal Vermelho

“Golpe de Estado não se comemora”, afirma o filho de Jango – Portal Vermelho

João Vicente Goulart, filho do ex-presidente Jango, participou na quinta-feira (28) da Sessão Solene da Câmara Legislativa do Distrito Federal em homenagem aos 100 anos de nascimento de João Goulart. Ele lamentou que o centenário de Jango coincida com “um momento difícil de nosso País”.

Fonte: “Golpe de Estado não se comemora”, afirma o filho de Jango – Portal Vermelho

Orlando Silva: Bolsonaro aposta numa aventura autoritária?

Blog do Renato

Tenho dito que são tamanhas e tão variadas as trapalhadas feitas por Jair Bolsonaro e seu governo que passei a desconfiar que pode haver método nessa loucura.

Por Orlando Silva*

Foto: PR

Jair Bolsonaro aposta numa aventura autoritária?, questiona Orlando Silva Jair Bolsonaro aposta numa aventura autoritária?, questiona Orlando Silva

Não que eu duvide da incapacidade cognitiva do presidente, ele faz questão de nos lembrar diariamente que vive em júbilo com a própria mediocridade.

Mas a sequência de crises autogestadas na relação com o parlamento, na última elegendo como inimigo o presidente da Câmara, num momento em que o governo não tem base no legislativo e joga todas as suas fichas na aprovação Reforma da Previdência, elevou os disparates que temos nos habituado à categoria de esquizofrenia política.

Admitindo que seja apenas inépcia, não deixa de ser assustador que o país esteja sujeito a oscilações na Bolsa, elevação do dólar e atritos diplomáticos a cada manifestação desastrada do presidente…

Ver o post original 369 mais palavras

Oposição lança nota de repúdio contra “nova” Previdência

Blog do Renato

Líderes políticos, presidentes partidários e parlamentares se reuniram, na manhã desta terça-feira (26), para apresentar à imprensa e à sociedade um documento de repúdio à aprovação da Reforma da Previdência.

O texto é assinado pelos partidos de oposição ao governo de Bolsonaro, PCdoB, PT, PDT, PSB, PSol e Rede. Ao expor dez dos principais motivos pelos quais é preciso se posicionar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 6/2019, a nota evidencia o quão danosa a medida é, e o alcance dela para a população trabalhadora do país.

Para a líder da Minoria na Câmara, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), que está em seu sétimo mandato, esta é a proposta mais cruel que já chegou à Casa.

“A PEC exclui da Constituição todos os direitos da população. Diferente do que diz o governo, não é uma retirada de privilégios, é um massacre da grande maioria da população pobre e trabalhadora…

Ver o post original 716 mais palavras

PCdoB celebra 97 anos com defesa da unidade contra os retrocessos

Blog do Renato

O Teatro Beberibe, em Olinda (PE), ficou pequeno para abrigar todos os militantes e amigos do PCdoB que foram ao local para comemorar os 97 anos do partido. Lideranças nacionais e locais, representantes de partidos aliados e dos movimentos sociais, intelectuais e artistas se uniram, nesta segunda-feira (25), para saudar a trajetória dos comunistas de compromisso com o país e seu povo. Nos discursos, a defesa da unidade para barrar o retrocesso imposto pelo governo Bolsonaro.

Foto: Diego Galba

 

“Um, dois, três, quatro, cinco mil, e viva o partido comunista do Brasil”. O tradicional grito de guerra invadiu o teatro, para anunciar que estava começando o ato. Um vídeo fez um passeio pelos principais acontecimentos do país, que se misturam à atuação dos comunistas. No palco, dirigentes, gestores e parlamentares do PCdoB e de partidos como PT, PSB, PDT, Rede e Psol, além de presidentes de movimentos estudantis, de trabalhadores…

Ver o post original 1.783 mais palavras

Flavio Dino: É preciso defender o estado democrático de direito

Blog do Renato

Reeleito governador do Maranhão e um dos principais líderes da esquerda, Flávio Dino (PCdoB-MA) esteve, nesta quarta-feira (27), no Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, em São Paulo. Em diálogo com blogueiros e mídias alternativas, o governador falou sobre os desafios colocados para o enfrentamento ao bolsonarismo não só pela esquerda, mas por todos os setores da sociedade que defendem a legalidade democrática.

Por Felipe Bianchi

Foto: Leonardo Severo

 

“Um governo de extrema-direita eleito pelo voto é um cenário inédito para o Brasil. Bolsonaro vem de um ethos nazifascista que privilegia a retórica do inimigo e da agressão. Este governo é militante do conflito, do combate aos seus adversários”, o que implica no acirramento das contradições de um país complexo como o Brasil, conforme opina. “Quem lembra de Mussolini, na Itália, sabe que todos os fascistas extraem parte de sua legitimidade da nostalgia de um suposto passado…

Ver o post original 672 mais palavras

Alguma vez fomos um Estado laico?

blog da Revista Espaço Acadêmico

MARCELO
GRUMAN*

Na semana passada, um
advogado foi impedido de entrar em dois fóruns baianos. Ele estava vestido todo
de branco e levava à cabeça o eketé,
uma espécie de boina usada pelos adeptos do candomblé para defender os
iniciados de perigos externos – a cabeça é a parte mais sagrada do corpo,
habitat da energia vital, devendo ser protegida – ou quem está em fase de
confirmação na religião. Num dos casos, um policial militar o interpelou,
avisando que não poderia participar de uma audiência de conciliação se
continuasse portando aquele “chapéu” – bonés e chapéus são proibidos pelo
Tribunal de Justiça da Bahia, embora não haja regra específica sobre o uso de
objetos sagrados em fóruns. Ao lado do cliente, o advogado explicou que não se
tratava de um simples adorno ou adereço, mas de um símbolo de proteção, parte
essencial de sua identidade religiosa, que…

Ver o post original 511 mais palavras

1954-1964-2016: Todos os golpes se parecem? – Portal Vermelho

As formas dos golpes podem variar, contudo, a maioria deles tem algo em comum: o objetivo é preservar os interesses das classes economicamente dominantes que, de algum modo, estariam sendo prejudicados. Mas essas classes são extremamente minoritárias. Por isso, precisam necessariamente atrair para o seu lado as camadas médias, utilizando os seus medos e preconceitos provenientes de sua posição social particular no modo de produção capitalista Por Augusto C. Buonicore *

Fonte: 1954-1964-2016: Todos os golpes se parecem? – Portal Vermelho

Haroldo Lima: A juventude desperta rápido – Portal Vermelho

Fato importante e carregado de simbolismo aconteceu na quarta-feira, dia 27 de março de 2019, na famosa rua Maria Antônia de São Paulo: os estudantes da Universidade Presbiteriana Mackenzie impediram o presidente Bolsonaro de adentrar o campus universitário. Por Haroldo Lima*

Fonte: Haroldo Lima: A juventude desperta rápido – Portal Vermelho

PCdoB: 97 anos em defesa da democracia, dos direitos e do Brasil – Portal Vermelho

‘O PCdoB tem uma história de luta incansável pelos direitos do povo mais pobre, dos trabalhadores, a defesa intransigente da democracia e de um desenvolvimento livre, independente e soberano do Brasil’. Por Dalton Macambira*

Fonte: PCdoB: 97 anos em defesa da democracia, dos direitos e do Brasil – Portal Vermelho

Bancada na Câmara dos Deputados comemora os 97 anos de luta do PCdoB – Portal Vermelho

Fundado em 1922, o partido mais antigo do país, o PCdoB completa nesta segunda (25) 97 anos de existência. A data, comemorada em todo o país, foi repercutida pela bancada parlamentar da Câmara dos Deputados.

Fonte: Bancada na Câmara dos Deputados comemora os 97 anos de luta do PCdoB – Portal Vermelho

PCdoB celebra 97 anos com defesa da unidade contra os retrocessos – Portal Vermelho

O Teatro Beberibe, em Olinda (PE), ficou pequeno para abrigar todos os militantes e amigos do PCdoB que foram ao local para comemorar os 97 anos do partido. Lideranças nacionais e locais, representantes de partidos aliados e dos movimentos sociais, intelectuais e artistas se uniram, nesta segunda-feira (25), para saudar a trajetória dos comunistas de compromisso com o país e seu povo. Nos discursos, a defesa da unidade para barrar o retrocesso imposto pelo governo Bolsonaro.

Fonte: PCdoB celebra 97 anos com defesa da unidade contra os retrocessos – Portal Vermelho

Manifesto dos 97 anos: PCdoB forte e à frente da oposição a Bolsonaro

Blog do Renato

Para comemorar os 97 anos da fundação do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), serão realizados atos em vários estados do país. O ato nacional ocorrerá, este ano, em Olinda-Pernambuco. O evento ocorrerá na próxima segunda-feira (25), às 18 horas, no Centro de Convenções de Pernambuco. Em alusão a importante data para os comunistas, a presidenta nacional do PCdoB, Luciana Santos lança o seguinte Manifesto:

PCdoB faz 97 anos fortalecido e na linha de frente da oposição a Bolsonaro

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) chega, neste 25 de março, a 97 anos de atuação ininterrupta na história de nosso país, presente nas principais batalhas e jornadas da nação e da classe trabalhadora, cumprindo uma agenda que ajudou a construir o Brasil e a formar uma consciência patriótica, nacional e popular. O PCdoB comemora quase um século de existência revigorado com a recente união com o Partido Pátria Livre (PPL) que…

Ver o post original 1.199 mais palavras