Economia pós-golpe: baixo crescimento e desemprego elevado

Blog do Renato

Sem vida, a economia não faz barulho, buscando se acomodar aos retrocessos que se acumulam no país sem horizonte de crescimento sustentável.

Por Marcio Pochmann*

 

A decisão do governo Dilma de promover o choque de custos no interior do sistema produtivo logo no início de 2015, com a desvalorização cambial, a própria elevação dos juros e a liberação de vários preços administrados, entre outros, terminou por empurrar, por consequência, o custo de vida para o patamar acima da meta superior de inflação.

No cenário recessivo imposto, bem como acompanhada da queda dos preços das commodities, a espiral inflacionária não teria como se manter por longa duração, mesmo com o ainda elevado grau de indexação presente no interior da economia brasileira.

Mas arbitrária ascensão do governo dito pró-business de Temer terminou sendo acompanhada por uma ortodoxia ainda maior à frente do Banco Central (BC). O guardião da moeda nacional não se…

Ver o post original 494 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s