Presidenta da UBES é agredida na Câmara ao rebater Escola Sem Partido

Blog do Renato

Apesar de atacada na comissão do PL 7180, Camila Lanes explicou que o problema vivido pelos estudantes não é de “doutrinação”, mas sim falta de estrutura

“É lamentável que esta Casa esteja debatendo uma suposta doutrinação de estudantes enquanto a escola pública enfrenta problemas reais, como falta de estrutura, de material didático e até de merenda”, afirmou nesta terça (21) a presidenta da União Brasileira dos Estudantes, Camila Lanes, em audiência pública sobre o PL 7180/14 e apensados, do Projeto Escola Sem Partido. Chamado pelos estudantes de “Lei da Mordaça”, o projeto limita a autonomia de educadores e educandos em nome de uma suposta neutralidade.

A fala de Camila, de 16 minutos, foi por 8 vezes interrompida por desrespeitos da plenária advertidos pela mesa diretora. Após o término dos trabalhos, enquanto deixava a sala, a estudante foi empurrada por alguns dos presentes sob gritos de “vadia” e “vagabunda”. A presidenta…

Ver o post original 391 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s