Infiltrados

A estilista Mara*, 31 anos, caminhava por uma casa frágil, de paredes muito finas. Havia uma porta com uma abertura para cães, por onde entrou uma cobra. Primeiro o rabo, depois a cabeça. Era grande e amarela. A cobra olhou para Mara e falou: “Estou te vigiando. Eu vou te pegar.” E deslizou pe

Fonte: Infiltrados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s