Walter Sorrentino: A Chacina da Lapa e nossas vidas

Blog do Renato

Eu iria ao 6o. ano de Medicina, na USP/Ribeirão Preto. Em 1976 tínhamos alcançado grandes vitórias políticas. Eu presidia o Centro Acadêmico Rocha Lima e nos preparávamos para relançar o DCE da USP, fechado pela ditadura. Fizemos a sucessão em meio a grandes disputas, pois lá atuavam, além da direita, a Libelu e a Refazendo além de nós, a Caminhando, pelo PCdoB. Eu participara diretamente da elaboração do documento da Caminhando, um autêntico programa revolucionário – curioso que fosse para o ME. A eleição anterior fora renhida, onde disputei com Sócrates Brasileiro, nesta ocasião pela direita, e Joel Machado, que viria a ser futuro presidente municipal do PT, já falecido.

A direita era brava, não o próprio Sócrates. Desde 1973, quando fui calouro, ela se articulava entre o CCC, a Diretoria da Faculdade e o DOPS, então comandado por um esbirro da ditadura que chegou a ser excomungado pelo Papa…

Ver o post original 1.455 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s