Campanhas virtuais sem alcance (Por Vinicius Wu)

Luíz Müller Blog

facebook

Vinicius Wu*

O uso das redes sociais em campanhas eleitorais tornou-se prática comum no Brasil dos últimos anos. É crescente o interesse da academia, da mídia e, claro, dos partidos políticos pelo tema. Assim, surpreende a pouca atenção que vem sendo dada ao impacto da recente mudança no algoritmo do Facebook, a rede social com maior número de usuários, sobre as estratégias dos candidatos nas redes em 2016.

O Facebook anunciou a mudança de seu algoritmo — sistema responsável pela distribuição de conteúdo na rede — em junho. Em virtude da ampliação do número de usuários e da gigantesca quantidade de informação veiculada, a rede alterou seu funcionamento. O objetivo foi reforçar sua capacidade em filtrar conteúdo, priorizando a exibição de postagens que melhor se identificam com cada perfil de usuário, em especial, aquelas publicadas por familiares e amigos próximos.

As fan pages, utilizadas pelos candidatos, tiveram uma redução…

Ver o post original 210 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s