Parlamentares do Mercosul denunciam a caçada judicial a Lula

Blog do Renato

Em manifesto, 36 parlamentares do Parlasul repudiam as arbitrariedades cometidas pelo Ministério Público do Brasil contra o ex-presidente Lula

Publicado em 17/09/2016

Foto: Divulgação Parlasul

“O supremo crime de Lula é simplesmente ser Lula. É existir para o Brasil e o seu povo. Desse crime, Lula é culpado. Sempre foi, sempre será. De outros, não”.

Um manifesto assinado nesta sexta-feira (16) por 36 parlamentares do Mercosul, ligados ao Grupo Progressista do Parlasul, repudiaas arbitrariedades cometidas pelo Ministério Público do Brasil contra o ex-presidente Lula.

Os parlamentares denunciam a perseguição contra o ex-presidente e aatuação partidária dos procuradores da República, que não apresentaram nenhuma prova concreta durante a coletiva de imprensa, realizada na última quarta-feira (14). “Estranhamente, os próprios procuradores afirmaram que não tinham provas do que afirmavam, mas que tinham convicção de que estavam certos de suas meras hipóteses”. Para o grupo, os procuradores extrapolaram “todos os limites da legalidade…

Ver o post original 695 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s