Bolso não explica mais a cabeça do consumidor

Blog do Renato

O capital financeiro não dialoga com o capital cultural, o que mostra que o crescimento da renda foi muito mais rápido que o do nível educacional e o da expansão do repertório.

Renato Meirelles*

Nos últimos anos o Brasil sofreu uma das mais profundas mudanças da sua história. Milhões de pessoas ascenderam economicamente e passaram a ter acesso a bens e serviços antes exclusivos da elite. Diante desse novo cenário, o consumidor amadureceu e se transformou. Na última década, mais de dez milhões de mulheres entraram no mercado de trabalho, 53 milhões de pessoas passaram a ter acesso à internet, 50 milhões de contas bancárias foram abertas e o País ganhou dez milhões de universitários.

Para entender essa gangorra social que o País viveu no decorrer dos últimos anos, o Instituto Locomotiva traçou um perfil apurado do bolso e da cabeça dos 25% mais ricos da população brasileira. Eles cresceram…

Ver o post original 371 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s