A indecência de alguns decentes

bloglimpinhoecheiroso

Gilmar_Mendes19_Demostenes Os decentes Gilmar Mendes e Demóstenes Torres.

O brasileiro sente-se inseguro na sua pele. Uma de suas formas de se sentir seguro é afirmar-se decente, muito decente, e mais que isso: só ele é ético, os outros não.

Renato Janine Ribeiro, via Esquerda Caviar

Um dia, no tempo da grande inflação, tomei um táxi, para uma distância relativamente curta. O motorista falou mal de toda a desonestidade que campeava no Brasil. Tinha plena consciência do que acontecia de errado. Todas as suas palavras respiravam uma intensa preocupação com a ética. Quando chegamos a nosso destino, ele pegou a tabela – naquela época o custo era expresso em URVs, ORTNs, unidades de valor que nem mesmo eram a moeda corrente – e fez a conversão num preço que, notei, estava errado. Ele tinha puxado para cima o que eu lhe devia. Não reagi, porque era mais tímido do que hoje…

Ver o post original 425 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s