Conferências dos Direitos Humanos serão realizadas em 2015

Blog do Renato

Entre os dias 7 e 11 de dezembro de 2015, o Brasil realizará as Conferências Nacionais Conjuntas dos Direitos Humanos. A portaria que convoca a conferência foi assinada pela ministra Ideli Salvatti, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), e publicada nesta segunda-feira (29), no Diário Oficial da União.

Reprodução

 

As Conferências Nacionais Conjuntas de Direitos Humanos incluem a 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, a 3ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais -LGBT, a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, bem como a 12ª Conferência Nacional de Direitos Humanos. Todas serão realizadas em um mesmo local.

Ver o post original 180 mais palavras

Abutres norte-americanos à espreita de Dilma

bloglimpinhoecheiroso

EUA_Aguia01_LatuffUm escritório norte-americano incluiu o nome de Dilma Rousseff em uma ação contra a Petrobras nos EUA. Move-se como abutres esperando que a presa sangre.

Dario Pignotti, via Página12 e lido na Carta Maior

Combustível pesado. Dilma Rousseff passou o domingo, dia 28/12, junto ao mar, montando as peças do gabinete com o qual vai iniciar na quinta-feira, dia 1º/1, seu segundo mandato, marcado por denúncias de corrupção na Petrobras, agravadas após uma nova ação judicial promovida por um escritório de advocacia diante de um tribunal de Nova Iorque. Somente os incautos podem acreditar na independência da Justiça norte-americana, em meio a uma trama dos interesses petroleiros que visam a desnacionalização da Petrobras. Os abutres que atacam a Argentina nos tribunais de Nova Iorque se prestam a outra ofensiva, agora contra o Brasil.

Dilma já anunciou Joaquim Levy, um executivo do banco privado Bradesco como ministro da Fazenda, dois quadros…

Ver o post original 881 mais palavras

As apostas e os micos da revista Veja em 2014

bloglimpinhoecheiroso

Veja_Mico02A_Capa

Augusto Ferreira, lido no Esquerda Caviar

A última e melancólica edição da revista Veja em 2014 aposta na burrice de seus fiéis leitores pra convencê-los que quem pagou mico durante o ano foram os outros. Será mesmo?

– Apostou no “Não vai ter Copa”;
– Apostou na pior das Copas;
– Apostou que o 7 a 1 derrotava Dilma;
– Apostou no papa conservador;
– Apostou na disparada da inflação;
– Apostou no fim da Venezuela;
– Apostou no fim de Cuba;
– Apostou no fim da Petrobras;
– Apostou no delator que fala;
– Apostou na fala que vaza;
– Apostou no Real que salva tucano;
– Apostou na morte que salva revista;
– Apostou que Dilma rompia com Lula;
– Apostou em Aécio presidente;
– Apostou em Joaquim Barbosa;
– Apostou na Marina;
– Apostou nos indecisos;
– Apostou na virada de véspera;
– Apostou que quem ganhou, perdeu;

Ver o post original 8 mais palavras

Janio de Freitas: A governabilidade e o novo ministério de Dilma

bloglimpinhoecheiroso

Aecio_Bolsa_Xororo01

Lido no Tijolaço

Janio de Freitas, um dos últimos colunistas da grande mídia a mostrar independência editorial, deu uma explicação bastante sucinta para o novo ministério de Dilma.

As razões da presidenta foram uma só, segundo Jânio: montar um paredão, para defender o governo de possíveis ataques de setores hostis do congresso e da mídia.

Janio de Freitas: Como um paredão
Nem há no Brasil grandes figuras para compor um ministério de notáveis, nem seria preciso dar encerramento melancólico a um mandato difícil, com o anúncio de uma nova composição ministerial recebida por crítica ou por indiferença. Há uma explicação para isso, que muitos podem considerar suficiente para justificar a cara do novo mandato. Mas não é.

Em vez de escolhas que fizessem esquecer a média lastimável do ministério no primeiro mandato, Dilma Rousseff deu prioridade à montagem de uma estrutura política forte, capaz de se impor em duas frentes…

Ver o post original 147 mais palavras

Luciana Santos: Luta de classes ficou evidenciada nas eleições 2014

Blog do Renato

A vice-presidenta do Partido Comunista do Brasil e deputada federal reeleita, Luciana Santos (PCdoB-PE), faz uma análise política deste ano. Ela destaca a reeleição da presidenta Dilma Rousseff, fala do golpismo midiático praticado pela imprensa tradicional e comenta a importância da regulação dos meios de comunicação para aumentar a participação dos movimentos sociais que tem crescido graças à continuidade dos governos progressistas no Brasil.

Ver o post original

7º no ranking mundial: Pesquisa mostra Brasil como maior economia da América Latina

bloglimpinhoecheiroso

Economia14País está em 7° lugar no ranking mundial, à frente da Itália.

Via Ansa Brasil

O Brasil se classificou como a maior economia da região da América Latina em 2014 e em 7º lugar no que diz respeito ao mundo todo, à frente da Itália e atrás da França, apontou ranking divulgado pelo britânico Centro de Pesquisas Econômicas e de Negócios (CEBR, na sigla em inglês).

A lista, intitulada “Tabela da Liga das Economias Mundiais” (The World Economic League Table, em inglês), analisa profundamente as estatísticas das diferentes economias do mundo e prevê mudanças até 2030.

De acordo com pesquisa, em 2029 o Brasil deve estar em 5º lugar, a frente de Alemanha, Reino Unido, Coreia do Sul e França.

O México, segunda maior economia latino-americana e 15ª mundial, a frente de Argentina (29) e Colômbia (30), deve subir para o 13o posto neste mesmo período.

Confira “top 10”: 1…

Ver o post original 35 mais palavras

Paulo Moreira Leite: A piada pronta do bolivarianismo patronal

bloglimpinhoecheiroso

Jornalista_MG01

Demissão no Estado de Minas mostra quem são os inimigos da liberdade de imprensa.

Paulo Moreira Leite

A demissão de João Paulo Cunha, editor de cultura do jornal Estado de Minas, publicação de maior circulação naquele estado, ajuda a colocar um traço de realismo ao debate sobre liberdade de imprensa no Brasil.

É uma piada pronta, que ajuda a lembrar que vivemos um regime que deveria ser definido como bolivarianismo patronal.

Todos lembram de uma noite recente em São Paulo, quando jornalistas subiram ao palco de uma cerimônia de premiação para dizer em tom dramático: “não ao controle social da mídia.” É disso que estamos falando.

Embora estejamos falando de um direito constitucional, na vida real da imensa maioria de jornais, revistas, emissoras de rádio e de tevê do país o exercício da liberdade de expressão vive limitado por uma prerrogativa de classe.

Pode ser exercida pelos donos da…

Ver o post original 790 mais palavras