Mais um boimate da Veja, agora na Venezuela

bloglimpinhoecheiroso

Veja_Boimate03

Miguel do Rosário

Já virou lenda a inacreditável barriga da Veja quando reproduziu uma matéria, publicada na imprensa londrina (no dia da mentira), de que cientistas alemães haviam conseguido criar um híbrido entre o boi e o tomate.

O boimate tornou-se símbolo da decadência do jornalismo brasileiro, em especial da facção reacionária representada magnificamente pela revista Veja.

Desde então, a Veja produz boimates em série. Hoje fiquei sabendo de mais um.

Há algumas semanas, Rodrigo Constantino, colunista da Veja, publicou um iracundo post repercutindo uma denúncia, feita por um procurador de Goiás, de que crianças brasileiras estariam sendo levadas para a Venezuela, para serem doutrinadas na ideologia bolivariana.

O procurador e o colunista basearam-se numa notícia, catada no site do governo venezuelano, que algumas crianças de uma comunidade do Brasil receberiam aulas de jornalismo comunitário.

Era boimate puro na veia. Leia abaixo.

MEU BRASIL VENEZUALANO
Provável erro…

Ver o post original 853 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s