Debate sobre reforma política acentua diferenças das propostas

Blog do Renato

No debate sobre as propostas de reforma política, realizado nesta terça-feira (18), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, os representantes de movimentos sociais, advogados e cientistas políticos, destacaram os dois pontos considerados mais polêmicos – o financiamento de campanha e o sistema eleitoral. 

Agência Câmara
image

O advogado Cláudio de Sousa, representante da OAB, defendeu o Projeto de Lei de Iniciativa Popular elaborado pela Coalizão pela Reforma Política Democrática e Eleições Limpas.

No financiamento de campanha, existem as opções de financiamento democrático, público e privado. E, no caso do sistema eleitoral, são apresentadas as propostas de voto distrital e de lista fechada. Para superar as muitas resistências, as propostas são apresentadas com alternativas e prazos de transição. Os expositores concordaram que não existe modelo perfeito e o que se deve buscar é que o melhor se adeque à realidade brasileira.

Ver o post original 667 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s